O que fazemos nas sombras – por que assistir?

o-que-fazemos-nas-sombras-600x400

1 – O filme tem uma ideia muito original e inovadora, de fazer uma espécie de  documentário falso sobre a vida dos vampiros com terror e comédia bem balanceados. Vocês irão rir e se envolver do começo ao fim, pois o filme de prende causando certa tensão em alguns momentos mas com certeza seu ponto chave é o foco na comédia.

2 – A aprovação no  Rotten Tomatoes é de 96% , isso é que é uma aprovação excepcional para filmes do gênero.

3 – As atuações são sensacionais, o roteiro explora cada gênero icônico do vampiro : desde Vlad a Nosferatu.

4- Para quem se interessa pelos lobisomens, estes não ficam de fora. O filme mostra tanto as relações estabelecidas entre vampiros com vampiros, vampiros com humanos e vampiros com lobisomens, tratando dos esteriótipos mais frequentes da mitologia vampiresca.  Mas de forma divertida, sem cair no mais do mesmo.

5 – O filme aborda questões cotidianas e banais na vida dos vampiros: matar e deixar a casa limpa, evitar chamar a atenção da policia e se manter vivo, digo, morto vivo, é claro! Além disso eles precisam se atualizar e aprender a utilizar redes sociais, ir em baladas , etc.

o-que-fazemos-nas-sombras-2images (1)shadows4

Anúncios

Miss Fisher Mysteries – 5 motivos pra assistir!

Para os fãs de investigação, crimes estilo Sherlock Holmes e Agatha Cristie, este post é pra você !

Miss-Fisher-Title

1 – A série se passa por volta de 1920, com muito glamour, figurinos maravilhosos, arquitetura fantástica, danças e músicas da época que aumentam aquele clima vintage dando um ótimo ar de reconstituição

miss-fisher-1

2 – A série tem uma protagonista feminina, independente e empoderada para lacrar nas inimigas! Trazendo um ar mais contemporâneo para a série de época. Uma das personagens femininas secundárias é médica e usa trajes masculinos, demonstrando a liberdade de escolha no código das vestimentas.

images

3 – A série lembra muito o estilo de investigação dos romances de Agatha Cristie onde u= a estrutura narrativa costuma ter um crime no início, vários suspeitos que normalmente tinham muitos motivos para matar a vítima e a protagonista investiga e elimina pistas, ao final sendo revelado quem cometeu o assassinato.

4- Questões LGBT e raciais, liberdade sexual feminina, são abordadas de forma natural mesmo dentro do contexto histórico, demonstrando o ponto de vista libertário dos criadores da série, que apesar de mostrarem que existia sim preconceito naquela época e até questões judiciais (ex: sodomia, casamento inter racial), a série se posiciona contra estes pontos de vista preconceituosos no diálogo da personagem principal ” que ninguém deveria ser preso por amar”.

5 – A série tem aquele  humor na dose certa e você consegue dar risadas sem perder o tom de mistério da trama.

miss-fisher-jack

WESTWORLD – 5 MOTIVOS PARA ASSISTIR

 

west1

 

1 – A Série mistura ficção científica, robôs e faroeste.

2 – Rodrigo Santoro atua na série e vale a pena prestigiar o brasileiro na telinha. Além disso , temos Antony Hopkins que dispensa descrição !

3 – A série tem cenas de luta, morte, cenas picantes, porém sua história possui uma linha filosófica da Mente bicameral de Julian Jaynes, nos fazendo nos questionar de nossa própria tomada de consciência.

4 – Os efeitos especiais, trilha sonora e abertura são sensacionais, sendo que o designer tem uma inspiração desde Leonardo da Vinci a jogos de vídeo game.

5 – A série foi desenvolvida por Jonathan Nolan ( Interestellar) E Lisa Joy. Vale lembrar que o nome Nolan não é estranho, sim Jonathan é irmão de Cristopher Nolan ( Inception, Transcendence, Batman Begins, The Dartk Knight).

SUPER JUNIOR no Dorama Skip Beat

20111203_superjunior_skipbeat-600x600 Com dois integrantes da banda SUPER JUNIOR!!!!  O dorama possui um estilo de comédia com uma drama leve nos primeiros episódios, mas do meio até o final está recheados de muitas confusões e risadas com a atrapalhada personagem principal.

SIWON do Super Junior

skip-beat-7-4

DONGHAE do Super Junior

830

Basicamente, se trata de uma drama – comédia adolescente , onde uma menina que perdeu sua adolescência trabalhando em três empregos para sustentar os Luxos de seu amigo (paixão da infância) super star que ela gostava mas ele só a via como uma empregada. Após um dia em que foi humilhada e decidiu entrar para o Show Business, para poder se vingar deste seu ex – amigo e ser uma super star que o supere, devolvendo a humilhação que passou. Nesta corrida para o sucesso ela conhece outro artista que parece que irá fazer seu coração poder confiar no amor novamente e provar que nem todos os homens são canalhas.

O Dorama foi uma adaptação de um anime com o mesmo título (Skip Beat) :

tumblr_lvm1if2dYU1qhko1qo4_r1_250tumblr_lvm1if2dYU1qhko1qo2_r3_250
tumblr_lvm1if2dYU1qhko1qo3_250tumblr_lvm1if2dYU1qhko1qo1_r2_250

tumblr_lvl37u0y7K1qhko1qo2_r8_250tumblr_lvl37u0y7K1qhko1qo1_r8_250 Gostaram do post ? Sigam o blog e curtam o post para continuarmos nosso trabalho 😉

 

personalidade de Sherlock Holmes – ELEMENTARY

elementary_cbs

Este post comtemplará a versão de Sherlock Holmes da série Elementary, abordando essa personagem com personalidade tão instigante e excitante.

Elementary-1387415

A personalidade de Holmes, se encaixa no tipo 1, dentro nos nove tipos de personalidades da teoria do Eneagrama _ um estudo sobre o diversos temperamentos e intuições instintivas, muito usado para compor roteiros e criar personagens _ Ou seja, o tipo 1 de personalidade que estamos abordando se trata da figura do perfeccionista.

Elementary_510

Este tipo de personalidade é ideal para enredos do tipo policial, investigativo, sobre crimes, etc. Pois o personagem é muito criterioso, habilidoso, detalhista e perfeccionista, sendo ideal para analisar provas e cenas de crims, reparando em todos os detalhes e deduzindo como estes crimes podem ter sido cometidos. Assim como Sherlock o faz na série, sendo um consultor para a polícia prestando serviços dedutivos gratuitamente.

JLM

Este tipo de personagem pode se envolver com algum tipo de coisa que se desvie da perfeição, algum tipo de desvio de conduta e portanto, deve retornar à conduta correta. Como exemplo, na série, Holmes está voltando da habilitação e para reabilitar Holmes, Watson surge como sua acompanhante contra as drogas, encaixando perfeitamente na teoria do Eneagrama. Esse tipo de personalidade ainda carrega um lado narcisista no sentido de achar que só ele tem a solução ou que só suas teoria estão corretas e que devem ser seguidas. Assim podemos lembrar de outras personalidades de seriados famosos tais como : House (Dr. House), que é um médico muito excêntrico, narcisista e muitas vezes arrisca a própria carreira e a vida de seus pacientes por se julgar sempre certo, além de também ser viciado e Henry Morgan (Forever), um legista imortal que acredita que seus métodos dedutivos e suas escolhas são provavelmente melhores de as dos outros, porém é mais ponderado que Dr. House e Holmes. Ainda podos dizer que esse tipo de personalidade deixa relacionamentos em segundo plano, absorto em sua carreira/ estilo de vida. Podemos ver que os três personagens dificilmente se envolvem em relacionamentos sérios e duradouros no caso de Holmes e Dr. House, costumam ter relacionamentos superficiais baseados no ´contato físico apenas já no caso de Morgan, este foi traído uma vez e na segunda perdeu sua amada, mas é provável que ele não esteja se envolvendo com ninguém mais por ter que guardar o seu segredo de imortalidade e por privilegiar a sua busca em entender a si próprio ( sua imortalidade). Os três personagens seguem um estilo de vida basicamente anti social, mantendo suas relações sociais mais por obrigação do que por escolha e mantém estas relações  praticamente e apenas no ambiente de trabalho o quanto for possível. Sherlock não considera ninguém como seu amigo, mas como colaboradores/sócios, House vive sozinho em seu apartamento e Henry Morgan não costuma sair para um Happy Hour com seus colegas de serviço.

dr_house5f5b920c71d5b77596beb4b2b19e201f

Gostaram do post? Curtam! Sigam  blog, acompanhem os vídeos e compartilhem em suas redes sociais! 🙂

Resenha Série Gotham

Featured image

A série retrata bastante o passado do comissário Gordon, durante o tempo em que ele era ainda um detetive policial e estava lidando com diversas pessoas que se tornariam, mais tarde, grandes  vilões e heróis no universo da DC Comics. Em seu trabalho, Gordon pode contar com a parceria de Harvey Bullock, um  policial astuto que já virou lenda em Gotham por não seguir muito à risca os procedimentos da polícia, mas, ainda assim, conseguir resultados. Além de mostrar a trajetória trágica e a trasnformação do pequeno Bruce Wayne em um vigilante de Gotham. CONFIRA O TRAILER DA SÉRIE NO FINAL DO POST!

Featured image

Grandes vilões aparecem tais como Pinguim, Charada, Era Venenosa e a anti heroína Mulher Gato. A séries mostra como estes personagens entraram na vida de crimes e desenvolveram suas personalidades, entre elas, algumas neuróticas e/o conturbadas ou até mesmo psicóticas.

Featured image

Casal perfeito ? Conhecidos desde a infância? A série mostra como a paixão de Bruce pela Mulher Gato pode ter se iniciado! Vale a pena conferir! Gostaram do Post? Siga nosso blog no canto abaixo na direita da nossa página e confira as novas postagens!  Quer um vídeo comentando sobre a série no Vlog FALA SERIO THEIA ? deixe seus comentarios no post ou na nossa página no face : #FALASERIOTHEIA

Featured image

confira o trailer!

O Pirata Nhac – Resenha

Featured image

Um livro de Jonny Duddle
O livro O Pirata Nhac é um livro infantil com gravuras extremamentes lindas e chamativas, do qual eu me apaixonei a primeira vez que olhei! Sim, livros infantis são para todas as idades!
Já sou uma pessoa que ama piratas e histórias do tipo, logo foi fácil me encatar pelo livro.
O bom dos livros infantis é que eles sempre arregam um ar poético no modo de contar as histórias, com algumas rima e muitas vezes até bem humoradas, o que já suscita o gosto pela leitura nas crianças.

Featured imageFeatured image
Umas das melhores parte que achei neste livros e até em outros infantis se trata da facilidade e naturalidade em que a questão da morte é tratada. Acho que isso contribui muito para o desenvolvimento da criança : aprender a lidar com a morte como algo comum e natural da vida.
Neste livro, também temos a famosas “lição de moral” típica dos livros infantis, ondeos piratas sofrem uma terrível consequencia por serem gananciosos. Assim também, as histórias infantis ensinam as crianças a lidar com os inpulsos, sensações e sentimentos básicos do ser humanos e que cada atitude tem uma consequencia, que as açoes têm reaçoes no mundo, na vida dos outros e na própria vida.
Para você que amam histórias infantis, amam gravuras bem trabalhadas, adoram ilustração e arte ou apenas são amantes da leitura desde um gibi até um romance, recomendo este livro para todas as idades.

THE CARRIE DIARIES

O SEX AND THE CITY PARA ADOLESCENTES !

The-Carrie-Diaries

Uma menina perde a mãe e volta para o colégio, após as férias e tem que se recuperar do trauma. Seu flerte, aparentemente sai com outra menina. Enquanto o seu pai a coloca para fazer estágio para aliviar a cabeça. Este estágio é em Mahattan, o sonho de consumo da cidade grande, realizado. Lá, Carrie conhece muitas pessoas descoladas e começa a sua vivência na cidade grande, que com certeza trará mudanças em sua maturidade, em relação aos outros adolescentes da cidade pequena, que possuem uma outra vivência. conflito da perda da figura da mãe, conflito com a irma caçula, meio que tem que assumir esse lugar da mãe, mas ao mesmo tempo é irmã. o conflito da adolescência em si, o conflito competitivo com outras garotas por um garoto, disputa social de se firmar profissionalmente e amadurecer, ter responsabilidades adultas, corporativas. The-Carrie-Diaries 2

A bolsa de Carrie foi personalizada por ela mesma, depois de um incidente com esmaltes. Para as pessoas que adoram moda, irão adorar as inovações e modelitos que a protagonista e as demais personagens na séries utilizam. The-Carrie-Diaries 5

 

Daniel Radcliffe em A Young Doctors Notebook

kkkk

Imagem

Uma série para quem gosta de rir e não tem medo de ver sangue!

Além de um bom retrato da medicina carniceira dos meados de 1900.

Vemos esta série uma excelente atuação do ator Daniel Radcliffe, cheio de potencial cômico que aparece raras vezes em sue personagem mais famoso, Harry Potter, pois as histórias possuíam tônicas diferentes.

A trilha musical lembra muito algo circense, assim como a trilha do filme de Amelie Polain. Além disso, algumas cenas relembram muito às cenas classicas do humor em preto e branco, tais como Chaplin, Os três patetas, O Godo e o Magro, entre outros. O personagem de Radcliffe em si é um personagem cômico, clownesco, com certa ingenuidade, jeito desengonçado e atrapalhado, características tipicamente do palhaço clown. As roupas de Doutor são maiores que seu corpo, o que relembra os sapatos dos palhaços, maiores que os próprios pés.

Em muitos capítulos, o público dará boas risadas com o jeito atrapalhado genuíno do rapaz, entretanto, há um toque estilo  Tarantino na série, que lhe confere alguns esquiços de sangue saindo algumas vezes dos pacientes.

Por isso, é necessário ter estômago para assistir! No entanto, vale a pena! Para quem já assistiu filmes como O Cavaleiro sem Cabeça, talvez não se importe com essas cenas de cirurgia, pois as esguichadas de sangue são no mesmo estilo.

Ainda lembremos que a série se passa em torno de 1934, mostrando um grande retrato histórico social da qualidade precária e pouco higiênica daquela época, além das técnicas rústicas e de certa rudeza dos próprios médicos no tratamento dos pacientes. Este recorte histórico me lembrou bastante um ensaio de George Orwell, que trata do mesmo tema, chamado Como Morrem os Pobres.

ImagemImagemImagem